13/03/2022 às 14h58min - Atualizada em 13/03/2022 às 14h58min

Homem morre esfaqueado e esposa é suspeita após contar 3 versões diferentes à polícia

Gazeta Rondônia

Um homem de 56 anos morreu esfaqueado dentro da casa dele, na madrugada deste domingo (13) em São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá. A suspeita é a mulher de Osorino Soares de Amaral, de 42 anos, que contou três versões diferentes à polícia.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por moradores informando que havia uma mulher na rua gritando que alguém tinha matado o marido dela.

Ao chegar no local, a equipe foi informada pelas testemunhas que após a mulher pedir para que chamassem a polícia, saiu em disparada, sem saberem o rumo tomado.

A polícia entrou então na casa, que estava com a porta da frene aberta, e já viu na sala varias poças de sangue no chão, além de peças de roupas que estavam em cima de um sofá e ainda uma faca em um canto da sala, suja de sangue. A faca foi recolhida pela perícia.

Em um dos quartos, os militares encontraram a Osorino caído, próximo a cama, todo ensanguentado. Ele já havia morrido.

A PM fez rondas na região, para localizar a mulher de Osorino e a encontrou com sinais de embriaguez. Segundo o boletim, ela estava com a fala enrolada, cambaleando, sem coordenação motora, olhos avermelhados e com forte cheiro de álcool. A mulher contou então três versões à polícia.

Primeiro, ela relatou ter saído da casa deles por volta das 18h do dia anterior, para ir a casa de um amigo de alcunha, próximo a residência do casal, pois estaria a fim de 'tomar uma pinga'. A mulher não soube precisar a hora que retornou, mas contou que assim que voltou, encontrou o marido caído no chão, já morto, e saiu correndo para a rua.

À Polícia Civil, a suspeita narrou que havia ido a casa de uma amiga tomar um café e que quando voltou encontrou o marido morto no quarto.

Em conversa novamente com a Polícia Militar, a mulher relatou outra versão, dizendo que, na verdade, ela não teria ido a casa de seu amigo ou da amiga e sim estaria traindo o marido com outro homem.

A suspeita foi conduzida a Delegacia de Jaciara, para prestar melhores esclarecimentos sobre o ocorrido.

Foram acionados a Polícia Civil e a Perícia Oficial, que também atenderam a ocorrência. Fonte: G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp