26/03/2022 às 19h27min - Atualizada em 26/03/2022 às 19h27min

Mais de 80 maquinários usados em garimpo ilegal são retirados e destruídos em terra indígena

Gazeta Rondônia

Mais de 80 maquinários usados no garimpo ilegal na Terra Indígena Sararé foram retirados e destruídos em Mato Grosso na última semana. A ação fez parte da Operação Alfeu. Desde sábado (19) os policiais ocupam a Terra Indígena Sararé, no oeste do estado, para combater o garimpo ilegal neste território.

Ao todo, foram sete escavadeiras, 40 motores estacionários, 22 moinhos de pedra, 15 geradores, barracas e diversos outros materiais utilizados no garimpo também foram destruídos.

A maior parte foi incendiada. Alguns foram enviados para prefeituras, para uso público.

Mais de 70 maquinários usados em garimpo ilegal são retirados de terra indígena de MT — Foto: PF

Mais de 70 maquinários usados em garimpo ilegal são retirados de terra indígena de MT — Foto: PF

A quinta fase da Operação Alfeu começou no sábado, quando os agentes de segurança bloquearam todos os acessos à Terra Indígena Sararé, que fica entre os municípios de Conquista d'Oeste, Nova Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Mais de 100 agentes públicos das diversas forças atuaram na operação, incluindo aeronaves e embarcações públicas.

O objetivo principal da ação conjunta era apreender as máquinas utilizadas no garimpo e identificar os responsáveis pela atividade criminosa.

A operação começou no sábado e foi encerrada nessa quarta-feira (23).

O mandado de apreensão dos maquinários foi expedido pelo Juízo da 2ª Vara de Justiça Federal de Cáceres .

Os garimpeiros foram retirados do local e ouvidos para identificar os responsáveis pela extração ilegal de ouro.

Além da polícia federal, a operação conta com a participação da Polícia Rodoviária Federal.

No local, a polícia encontrou cerca de 2 mil litros de combustível.

Mais de 70 maquinários usados em garimpo ilegal são retirados de terra indígena de MT — Foto: PF

Mais de 70 maquinários usados em garimpo ilegal são retirados de terra indígena de MT — Foto: PF

No ano passado, na fase quatro da operação, dezenas de garimpeiros foram retirados da mesma área. O maquinário encontrado estava escondido em local de difícil acesso e foi destruído.

Os responsáveis pelo garimpo vão responder por invasão de terras públicas e crimes ambientais. Fonte: G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp