06/11/2022 às 22h33min - Atualizada em 06/11/2022 às 22h33min

Morre ex-ator Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, aos 53 anos neste domingo, 6

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Morreu, neste domingo (6/11), aos 53 anos, o ex-ator Guilherme de Pádua, assassino da atriz Daniella Perez. Ele teria sido vítima de um infarto.

A informação foi divulgada em uma live pelo pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, onde o ex-ator se tornou pastor anos depois de executar friamente a atriz Daniella Perez, em 1992.


Pádua assassinou a atriz Daniella Perez em 1992, com sua esposa na época, Paula Thomaz. Ele e Daniella faziam um par romântico na novela De Corpo e Alma, escrita por Gloria Perez, mãe de Daniella. Pelo crime, Pádua foi condenado a cumprir 20 anos de prisão por homicídio qualificado.

O assassinato voltou aos holofotes este ano, quando a HBO Max lançou um documentário sobre o caso. Na época, Pádua fez um vídeo se defendendo dos ataques:

“Minha reação natural é de me defender, qualquer um tem direito de resposta no mundo natural, mas eu não vivo mais no mundo natural. Todos os dias quando eu acordo eu me lembro que sou o Guilherme de Pádua, que tenho essa carga nas minhas costas, e toda manhã é uma luta”, disse em vídeo publicado na ocasião.

O ator também foi alvo de polêmica durante a campanha presidencial. Pádua já havia participado de manifestações pró-Bolsonaro e chegou a receber o presidente e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, para um culto na Igreja Batista da Lagoinha, onde trabalhava como pastor.

Segundo apuração da coluna Leo Dias, do Metrópoles, Michelle só tomou conhecimento pela imprensa de que uma das mulheres com quem chegou a fazer uma foto era esposa do Guilherme de Pádua. Já Bolsonaro se pronunciou pelas redes sociais: “Em respeito a Glória Perez, não alimentarei essa exploração leviana em cima de sua perda irreparável”.

Fonte: Metrópoles.
 
 
 
 
 

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »