07/03/2021 às 20h01min - Atualizada em 07/03/2021 às 20h01min

Mulheres representam 48,8% dos docentes do ensino superior em Rondônia

Mulheres são minoria na docência em 21 UFs do Brasil. Taxa de desocupação é maior entre mulheres que entre homens. Dados de 2019 foram divulgados pelo IBGE este mês.

Gazeta Rondônia

As mulheres são minoria na docência do ensino superior em 21 unidades federativas (UF). Rondônia é um desses estados, com 48,8% de presença feminina nessas instituições de ensino. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes ao ano de 2019.

No ranking nacional, a maior proporção de mulheres docentes está na Bahia, com 51,8%, e o menor em São Paulo, com 43,4%.

Entre os anos de 2015 e 2019 houve um aumento de 1,2% na taxa de mulheres lecionando no ensino superior em Rondônia. O Distrito Federal foi a UF com a maior taxa de aumento na participação feminina (3,3%) enquanto o Piauí teve a maior redução nesse mesmo período (- 0,9%).

As "Estatísticas de Gênero" divulgadas pelo IBGE na última semana também mostram que a desocupação é maior entre mulheres do que entre os homens no Brasil, assim como é maior entre pessoas pretas ou pardas em comparação com as brancas.

Em 2019 a taxa de desocupação no estado foi de 8,1%, sendo 6,5% entre homens e 10,2% entre mulheres. Em relação a cor, Rondônia é a única UF em que a taxa de desocupação é maior entre mulheres brancas (11,6%) do que pretas ou pardas (9,8%).

As horas dedicadas a afazeres domésticos ou a cuidados de pessoas aumentou cerca de 7,5% entre os anos de 2018 e 2019. Os dados são referentes a pessoas com mais de 14 anos. Em 2018 a média era de 15,3 horas semanais e passou para 16,5 horas em 2019.

Nesse período foi registrado um aumento no tempo médio dedicado a essas atividades pelos homens (9,5%), mas ainda são as mulheres que continuam utilizando mais tempo com o cuidado doméstico. Em 2019 mulheres gastaram cerca de 21 horas semanais com afazeres domésticos, e homens gastaram em média 11,2 horas. Fonte G1


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »