Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
20/02/2023 às 21h33min - Atualizada em 20/02/2023 às 21h33min

Ponte rompe e uma pessoa continua desaparecida

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Pessoas ficaram feridas após uma ponte que liga Torres, no Rio Grande do Sul, a Passo de Torres, em Santa Catarina, cair na madrugada desta segunda-feira (20). A ponte fica sobre o Rio Mampituba e tem cerca de 30 metros de extensão.

Um vídeo que circulas pelas redes sociais mostra o momento da queda. A Brigada Militar (BM) e o Corpo de Bombeiros informaram que pelo menos 30 pessoas foram resgatadas da água, dezesseis já receberam atendimento médico em Torres e há uma pessoa ainda desaparecida. Os bombeiros continuam as buscas.

Outros quatro que estavam desaparecidos foram encontrados em casa.

O trecho é ligado por uma ponte pênsil, que é sustentada por cabos, para passagem de pedestres. De acordo com o secretário de Turismo de Torres, Matheus Junges, o acidente aconteceu por volta das 2h30, quando um grupo de pessoas voltava a pé de Passo de Torres para Torres depois de uma festa de Carnaval.

Segundo a prefeitura, cerca de 100 pessoas estavam em cima da ponte, que só tem capacidade para 20 (uma placa no local informa). Não havia fiscalização presente no momento da queda.

 

"Muita gente foi socorrida. Agora, tem uma estrutura montada fazendo buscas na região", diz Matheus Junges.

 

 

A responsabilidade pela ponte, inaugurada na década de 1980, é dos dois municípios, Passo de Torres e Torres. De acordo com o poder público, a manutenção da estrutura estava em dia e a documentação regular, o que permitia a passagem, com segurança, de pessoas. No entanto, a suspeita é que o excesso de peso tenha causado o acidente.

Sem a ponte pênsil, pessoas podem acessar Passo de Torres a partir de Torres, e vice-versa, por meio da ponte José Mário Soares Noronha, bem como via estradas e rodovias. Fonte: Gq

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »