Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
22/02/2023 às 10h59min - Atualizada em 22/02/2023 às 10h59min

Polícia identifica autores de chacina que executaram 7 pessoas após jogo de sinuca

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

A Polícia Civil identificou na noite dessa terça-feira (21), os dois atiradores responsáveis pela chacina em um bar de Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos, e Ezequias Souza Ribeiro, de 27 anos, estão foragidos. Sete pessoas, entre elas uma adolescente de 12 anos, foram assassinadas. Segundo a polícia, os atiradores agiram após serem alvo de piadas por terem perdido um jogo de sinuca (entenda mais abaixo como o crime ocorreu).

A informação foi confirmada pelo delegado da Polícia Civil, Braulio Junqueira, que informou à reportagem que depoimentos de testemunhas estão sendo ouvidos.
 

O crime

 

As câmeras de segurança do bar registraram o momento da execução (veja vídeo acima). Nas imagens, é possível ver quando um dos suspeitos, de camiseta azul, armado com uma pistola, rende as pessoas e as leva para perto de uma parede.

Enquanto isso, o outro homem, de camiseta listrada, pega uma espingarda calibre 12 mm na caminhonete estacionada em frente ao estabelecimento e volta atirando várias vezes.

 

A adolescente, depois de vários disparos, tenta correr para fora do estabelecimento. Ela e outro homem foram mortos, segundo a perícia, com tiros nas costas.

Antes de fugirem na caminhonete, um dos suspeitos pega uma quantia de dinheiro que está em uma das mesas de sinuca, além de outros objetos. Eles estão foragidos.

A identidade das vítimas não foi informada até a última atualização desta reportagem.

 

Motivação do crime

 

Conforme a Polícia Militar, a dupla participava de um jogo de sinuca a dinheiro e havia perdido uma partida. Os suspeitos voltaram com mais uma quantia e perderam, novamente.

Pessoas no estabelecimento fizeram piadas com eles, ainda segundo as informações da polícia, o que teria motivado o crime.

Antes da chacina, algumas das vítimas gravaram vídeos no estabelecimento. As imagens das câmeras de segurança também mostravam uma movimentação tranquila no local. Fonte: G1

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »