30/01/2022 às 09h38min - Atualizada em 30/01/2022 às 09h38min

Justiça determina prisão de empresário que atirou e matou jovem durante 'cavalo de pau', em Rondônia

Gazeta Rondônia

A Justiça de Rondônia determinou a prisão do empresário que atirou e matou a jovem Camila Barros Dias, de 20 anos, em Ji-Paraná (RO). A vítima foi baleada enquanto estava dentro de uma caminhonete com amigos, que faziam 'cavalo de pau' em um depósito de areia do município.

O empresário já estava preso em flagrante desde a quarta-feira (26), após confirmar na delegacia que tinha atirado contra o veículo onde estava Camila porque teria se assustado com a presença dos jovens na propriedade dele e pensou ser uma possível invasão.

A perícia constatou que a caminhonete foi atingida por sete disparos e um deles acertou o tórax de Camila, que chegou a ser socorrida para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo relatou o empresário em depoimento, o carro onde estava os jovens fazia uma manobra chamada 'cavalo de pau', quando o veículo gira em torno de seu eixo dianteiro.

A Polícia Civil já descobriu que o condutor do veículo era amigo de Camila. O motorista dirigia uma caminhonete Ford Ranger do próprio avô, sem que o dono tivesse conhecimento.

Para o delegado responsável pelo caso, Luiz Carlos Hora, como o suspeito possui certa perícia no manuseio de armas, ao atirar contra o carro, ele assumiu o risco do que poderia acontecer. Foi por esse motivo que a polícia pediu pela prisão preventiva do empresário, que vai seguir preso na Unidade Prisional de Ji-Paraná.

O caso segue sendo investigado e nos próximos dias o inquérito deve ser finalizado e enviado ao Ministério Público de Rondônia (MP-RO).

Confira a reportagem.

 

Nota de pesar

 

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seccional Rondônia divulgou nota de pesar e prestou solidariedade para a família de Camila, que era sobrinha da advogada Márcia Dantas Tupan.

 

"Neste momento de dor e tristeza, a diretora da OAB/RO a diretoria da OABRO manifesta apoio e solidariedade à família e amigos enlutados", diz a nota.

 

Fonte: G1

  •  

 

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp