05/03/2023 às 15h26min - Atualizada em 05/03/2023 às 15h26min

Maior assassino brasileiro, acusado de mais de 100 homicídios é executado neste domingo, 5

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

O mineiro Pedro Rodrigues Filho, conhecido como "Pedrinho Matador", foi morto na manhã deste domingo (5), no Bairro da Ponte Grande, em Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo. Considerado o maior serial killer do Brasil, Pedrinho Matador tinha hoje 68 anos e era natural de Santa Rita do Sapucaí.

Segundo informações preliminares, homens encapuzados que estavam em um carro passaram atirando. Foi aí que a notícia da morte do assassino começou a ser divulgada nas redes sociais.


O criminoso costumava dizer que teria matado cerca de 100 pessoas ao longo da vida, inclusive o próprio pai, aos 20 anos, dentro da prisão onde os dois cumpriam pena, depois que descobriu que o pai havia esfaqueado a mãe do matador.

Dizia também que havia vivido mais tempo na prisão do que em liberdade. Ele chegou a ser condenado por 71 crimes, sendo a maioria das vítimas os próprios presidiários de cadeias por onde passou.

Em maio de 2021, ele participou de um podcast, o que causou grande polêmica entre os internautas. No programa, ele admitiu que tinha matado mais de 100 pessoas. Em uma de suas falas, o homem contou que teve contato desde cedo com a violência e a criminalidade. Sua trajetória de crimes começou cedo, aos 14 anos. Atualmente, ele morava em Mogi das Cruzes.

Fonte: Correio Braziliense.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »