09/06/2021 às 08h14min - Atualizada em 09/06/2021 às 08h14min

Conheça a história da expert em sobrancelhas que começou a atender amigas em casa e hoje tem um estúdio referência em Cerejeiras

Gazeta Rondônia
Andréia Valendorff - Crédito de imagem: Divulgação
Mesmo sendo servidora pública e trabalhando como técnica em enfermagem, a hoje empreendedora Andréia Valendorff decidiu fazer um curso de cabeleireiro pelo SENAC em 2013. Ela não sabia, mas aquela decisão iria mudar a vida dela para sempre.

Quando concluiu o curso, a agora cabeleireira começou a atender as amigas que a procuravam para cortes e arranjos de cabelos. “Atendia em casa mesmo. Quando comecei, eu não tinha nem um lavatório. Eu lavava o cabelo das clientes na pia de lavar roupa mesmo”, conta a empreendedora.

Hoje, quase 10 anos depois, a cerejeirense não trabalha mais como cabeleireira, mas permaneceu no empreendedorismo. Ela tem um estúdio de design de sobrancelhas que é uma referência no município, com dezenas de clientes. O Studio Andréia Valendorff, que fica no bairro Eldorado, atende mulheres com serviços de epilação, design e micropigmentação de sobrancelhas.

Andréia Valendorff é esposa do atual vice-prefeito de Cerejeiras, José Carlos Valendorff, que também foi professor, vereador e secretário de Educação no município. Apesar da carreira bem-sucedida do marido, a empreendedora construiu a sua própria história e focou em buscar conhecimentos. Após o treinamento de cabeleireiro pelo SENAC, Andréia fez dezenas de outros cursos, sendo um deles com um profissional de fama internacional. “Estou sempre me aperfeiçoando e buscando novos conhecimentos para trazer para as minhas clientes”, disse ela. Andréia e o marido têm um casal de filhos.

Apesar de ter feito o curso de cabeleireira, a empreendedora, que é uma MEI (Microempreendedor Individual), não trabalha mais com cabelos em seu estúdio. Ela mantém parcerias com outras profissionais, que atendem outros tipos de demandas das clientes, como as já citadas epilação e micropigmentação.

Recentemente, a empreendedora recebeu um convite reservado a poucos profissionais da área. Ela foi convidada por uma profissional referência no mercado nacional a fazer atendimentos no Egito. “Recebi este convite para passar uma temporada para atender clientes egípcias. O Egito é uma referência em micropigmentação e esta experiência será muito boa para a minha carreira e, especialmente, para as minhas clientes. Estou pensando seriamente em ir”, disse Andréia, que deverá passar três meses no país africano.

Embora continue cumprindo uma carga horária de 20 horas como técnica em enfermagem, a empreendedora faz de seu estúdio a sua missão de vida. “As pessoas me procuram porque encontram aqui um atendimento diferenciado, onde busco oferecer o melhor para elas. E isso me realiza como mulher e como profissional”, diz. E finaliza: “Com as dificuldades que tive no caminho, me fez crescer e fortalecer”.

Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

37.8%
4.9%
6.1%
12.2%
39.0%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp